quinta-feira, 4 de março de 2010

Supersudaca em Medellín: Museu da Arte Moderna (MAMM)





Medellín, segunda cidade mais povoada da Colombia e uma das mais castigadas pelo narcotráfico, está a desenrolar uma serie de actuações que os sucessivos responsáveis municipais têm vindo a ampliar, dentro de um plano estratégico de carácter educativo e social. Bibliotecas, colégios, praças, entre outros, têm vindo a estruturar uma série de edificações destinadas a fomentar a cultura de todos os cidadãos de todas as classes sociais, que agora se verá fortalecida com a ampliação da sede do Museu da Arte Moderna. O Museu foi fundado em 1978 e trinta anos depois abriu uma nova sede na Cidade do Rio. Agora, este mesmo Museu, junto com a Alcaldía de Medellin abriu um concurso de Arquitectura para a ampliação, concurso que se realizou por convite e que recebeu onze propostas provenientes de gabinetes de países de ambos os lados do Atlântico. O projecto Vencedor foi desenhado por 51-1 arquitectos - representantes no Peru do colectivo de arquitectos latino-americanos - Supersudaca - junto com Ctrl G lab. É constituído por uma série de volumes onde predomina a relação entre os espaços públicos exteriores com as salas interiores. A dupla circulção interior/exterior cria multiplos terraços, que pode ser visto para um futuro crescimento dos espaços encerrados do Museu, este pode completar-se com toldos e quiosques.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Site meter

My playlist


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Pesquisar neste blogue